quarta-feira, 13 de julho de 2011

Doutrina Rosareana - 8º princípio

O oitavo (8º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“NADA É PADRONIZADO com relação à caminhada evolutiva rumo à conquista da SABEDORIA de cada SER criado simples e ignorante. Primeiramente tudo irá depender do próprio SER em evolução e depois de ações dos outros SERES, que também estão evoluindo. No topo do processo evolutivo cósmico está o Espírito Incriado de Deus, que sempre respeita plenamente a LIBERDADE de TODOS e até daqueles, que não respeitam a liberdade dos outros”.
A razão deste princípio é a conquista da perfeição de todo o sistema e subsistemas existentes, ou que irão existir ainda, nessa imensidão do COSMO CRIADO.

Doutrina Rosareana - 11º princípio

O undécimo (11º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“O perdão não existe para quem comete o erro, a ofensa ou o pecado, então toda dívida ou carma tem que ser pago.
Se o perdão existisse para o ofensor sem pagamento, então isso sim seria uma grande injustiça na criação perfeita de Deus, o plenamente BOM e PERFEITO.
O perdão só beneficia àquele que perdoa, pois foi ele que recebeu a ofensa e fica quite com o problema surgido e pode continuar tranquilamente a sua caminhada evolutiva, deixando a situação do ofensor ou criminoso para com os responsáveis pela aplicação da justiça. Os juízes são os responsáveis pelo cumprimento das leis existentes e então também são os responsáveis pelas aplicações das penas conforme as próprias leis”.

Este princípio tem como base os ensinamentos do Evangelho que estão nestes textos:
Mateus 5,26: “Em verdade te digo: dali não sairás, quanto não pagares o último centavo”.
Mateus 18,34: “Assim, encolerizado, o seu senhor o entregou aos verdugos, até que pagasse toda a sua dívida”.
Lucas 12,59: “Eu te digo, não sairás de lá antes de pagares o último centavo”.

Doutrina Rosareana - 10º princípio

O décimo (10º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“A encarnação é a união perfeita de um espírito, que foi criado simples e ignorante, com a matéria, formando um ser vivo, que sempre está na busca da plena sabedoria e da perfeição como o Pai Celeste é perfeito (Mt 5,48). Cada ser vivo traz arquivado em seu subconsciente toda a sua história evolutiva em corpos de carne e nos intervalos entre as vidas em corpos de carne, isto é: no plano espiritual, e também toda a programação, que foi feita para aquela encarnação com ou sem a participação do próprio espírito encarnado.
Em todas as encarnações os espíritos têm dois objetivos básicos: 1º) A evolução individual e 2º) Participar da evolução coletiva.
A evolução individual pode ser realizada em qualquer lugar, pois o BEM não tem limite. A perfeita participação no processo da evolução coletiva só poderá ser feita, após a vitória no processo individual e sem romper a linha do nascimento ou a linha reencarnatória, pois a decisão de (re)encarnar aqui ou ali está diretamente sob a responsabilidade da Espiritualidade”.

Doutrina Rosareana - 9º princípio

O nono (9º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“Cada ser humano, que é um espírito criado, cria para si ideias ou imagens sobre Deus e pensa que suas ideias ou suas imagens sobre Deus representam ou são o verdadeiro e próprio Espírito de Deus, que deu o início à Criação, então saiba ouvir e entender aos outros, analise bem seus pontos de vista”.
A razão deste princípio foi intuição que recebi da Espiritualidade para inverter alguns ensinamentos bíblicos para encontrar soluções de problemas, quase insolúveis, para toda a humanidade, como os versículos do livro de Gênesis 1, 27 e 11, 1 a 9.

Doutrina Rosareana - 7º princípio

O sétimo (7º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“DEUS existe e é o ETERNO PRESENTE, pois para DEUS não existe passado e nem futuro, mas só o presente. DEUS é plenamente BOM, SÁBIO, PERFEITO e HUMILDE.
DEUS não deseja ser adorado, mas AMADO. DEUS ama infinitamente a todos e não faz acepção de espíritos encarnados e desencarnados.
DEUS iniciou a criação do NADA ABSOLUTO. Ele é o primeiro criador, mas não o único, pois Ele não guardou o segredo de SER CRIADOR só para Ele, então todo ser criado também pode se transformar em criador do NADA ABSOLUTO.
DEUS dirige todo o processo da evolução cósmica, mas Ele sempre respeita plenamente a liberdade de todos os outros, até daqueles que agem contra a vontade dos outros, inclusive a dEle mesmo.
Todo criador é responsável por suas criaturas até que elas alcançam a maioridade como espíritos e possam agir e se defender por conta própria”.

Esse princípio tem como base esses ensinamentos bíblicos:
1º) "Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus" (Mt 5,8).
2º) "Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus" (Mt 5, 9).
3º) "Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem; desse modo vos tornareis filhos do vosso Pai (Deus) que está nos céus, porque ele faz nascer o seu sol igualmente sobre maus e bons e cair a chuva sobre justos e injustos" (Mt 5,43 a 45) (Deus não faz acepção de pessoas).
4º) "Portanto, deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito" (5,48).
5º) "Aí alguém se aproximou dele e disse: "Mestre, que farei de bom para ter a vida eterna? Respondeu: "Por que me perguntas sobre o que é bom? O Bom é um só. Mas se queres entrar a Vida, guarda os mandamentos" (Mt 19, 16 e 17).
6º) "Ao retomar o seu caminho, alguém correu e ajoelhou-se diante dele, perguntando: "Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?" Jesus respondeu: "Por que me chamas bom. Ninguém é bom senão só Deus" (Mc 10, 17 e 18).
7º) "Certo homem de posição lhe perguntou: "Bom Mestre, que devo fazer para herdar a vida eterna?" Jesus respondeu: "Por que me chamas bom? Ninguém é bom, senão só Deus!" (Lc 18, 18 e 19).
E também em função de tudo o que vivi, vivenciei e aprendi por meio de mediunidade, após Janeiro de 1980, fazendo uma análise racional de tudo, mesmo que ninguém me compreendeu e ou me deu auxílio naqueles primeiros anos de mudanças de paradigmas em minha vida e também quando comecei a estudar a Doutrina Espírita na prática e na teoria.

Doutrina Rosareana - 6º princípio

O sexto (6º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“Procure sempre amar a tudo e a todos sem esperar retorno. Ame também sempre a todos os indivíduos, que já passaram por essa terra. Ame o Sumo Sacerdote Caifás, que condenou a Jesus como blasfemo; ame o Nero, o Imperador Romano; ame o Átila e Gengis Khan, os comandantes de tropas selvagens; ame o Torquemada, um dos chefes supremos da inquisição na Espanha; ame o Hitler, o responsável pelo início da 2ª Grande Guerra e etc”.
Esse princípio tem como base o próprio AMOR e se você não amar a todos os que já passaram por aqui, você poderá estar não amando alguém, que possa ter sido o seu próprio espírito em vidas passadas e ai você estará deixando de amar ou até mesmo odiando a você mesmo, pois tudo está muito bem arquivado no inconsciente profundo e individual de cada um. E só iremos sair desse círculo vicioso pelo AMOR para com todos de uma forma irrestrita e incondicional.

Doutrina Rosareana - 5º princípio

O quinto (5º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“Cada SER é um SER único e insubstituível em toda a criação cósmica, então cada SER é o único responsável pela própria evolução, que é a conquista ou busca da sabedoria, da bondade e da perfeição”.

Doutrina Rosareana - 4º princípio

O quarto (4º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“Aceita com humildade que sempre existe alguém que sabe mais do que você e por isso saiba ouvir bem quando alguém lhe diz ou revela alguma coisa que vai contra aquilo, que você julga ser a VERDADE ABSOLUTA. A VERDADE ABSOLUTA só Deus a tem e só Deus a pode revelar”.
Esse princípio tem por base a existência de Deus, que é BOM, PERFEITO e SÁBIO em plenitude, que dirigi o processo da evolução cósmica, que está sempre acima de qualquer evolução planetária ou galáctica, que são dirigidas por outros espíritos criadores ou não.

Doutrina Rosareana - 3º princípio

O terceiro (3º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“Procure sempre agir e pensar com liberdade, mas respeite sempre a liberdade dos outros de agirem e de pensarem diferente de você.”
Esse princípio tem por base esse versículo do Evangelho: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8,32).

Doutrina Rosareana - 2º princípio

O segundo (2º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“Nunca aceite nada sem compreender e sem ver, e, também nunca julgue nada apenas por ouvir outros falarem, mas vai lá e veja tudo com os próprios olhos, pois no final a responsabilidade pelo julgamento e pela decisão será sempre sua”.
Esse princípio foi tirado deste versículo do Evangelho: "Em verdade, em verdade, te digo: falamos do que sabemos e damos testemunho do que vimos, porém não acolheis o nosso testemunho" (João 3,11).

Doutrina Rosareana - 1º princípio

Caros irmãos de terra, desde quando comecei a participar de sites de diálogos pela internet um ótimo debatedor, que tive, criou um tópico com este nome: "Doutrina Rosareana" e até gostei, pois assim poderia defender meus princípios de vida como uma forma de Doutrina.
É lógico que ninguém precisa aceitar minha Doutrina, mas terá que entender que é a minha forma de apresentar as minhas teses para que cada um busca também a compreensão e a sabedoria sobre tudo na sua VIDA e na CRIAÇãO perfeita de DEUS.

O primeiro (1º) princípio da "Doutrina Rosareana" é:
“Nunca acredite cegamente em nada do que já foi escrito”.
Cada um é o único responsável pela sua própria evolução ou salvação.
Isso soa como egoísmo, mas é a pura verdade, pois quando alguém estiver passando FOME e esteja numa situação em que não pode receber a comida na boca por intermédio de um outro, então podemos fazer de tudo para o outro, mas é só a pessoa mesma que poderá matar a sua própria FOME FÍSICA.
Assim também é a FOME do ESPÍRITO, só o próprio ESPÍRITO pode agir em seu benefício com relação a salvação ou conquista da SABEDORIA E PERFEIÇÃO.